Localização, Identificação e recolha de dados espectrais de espécies de plantas invasoras

Testes de coleira GPS
2016-02-17
LIFE LINES – Redes de Infraestruturas Lineares com Soluções Ecológicas: COMUNICADO DE IMPRENSA
2016-05-25

Localização, Identificação e recolha de dados espectrais de espécies de plantas invasoras

No dia 4 de maio de 2016, no âmbito da promoção de práticas de detecção e controlo de espécies de plantas exóticas invasoras em rodovias, 6 elementos da equipa da Faculdade de Ciências da Universidade do Porto deslocaram-se a um troço da EN4, no sentido Estremoz a Montemor-o-Novo, para localizarem quatro espécies de plantas invasoras (Acacia dealbata, A. melanoxylon, Robinia pseudoacacia e Ailanthus altissima). No período de maior incidencia solar, entre as 11h e as 15h para evitar a influência da sombra aquando da recolha de dados espectrais, foram identificados 17 pontos. A localização de cada ponto foi realizada com um GPS Real-Time Kinematic (RTK). Recolheram-se dados de reflectância usando um espectroradiometro portátil (Handheld 2, ASD Instruments, Boulder, CO, USA), que regista dados espectrais entre 325 nm e 1075 nm do espectro eletromagnético, para a obtenção de assinaturas espectrais puras das espécies invasoras. Fez-se o registo fotográfico com uma câmara Raptor Photonics OWL 320, que regista imagens na faixa de radiações infravermelhas do espectro eletromagnético (900-1700 nm). Por último, recolheu-se material biológico das espécies invasoras para posterior confirmação das espécies em laboratório. Os dados recolhidos nesta saída de campo vão ser utilizados na caracterização da distribuição espacial de espécies de plantas invasoras ao longo das rodovias através de detecção remota.

PT4-EN4Acasp1_v3 DSC05667 DSC05605 DSC05579 DSC05580

DSC05608 DSC05596