ÁREA DE INTERVENÇÃO

O projeto decorrerá no Alentejo Central numa zona atravessada pelo principal corredor de transportes terrestres entre Lisboa e Madrid, onde há uma elevada concentração sobretudo de rodovias e de linhas elétricas de transporte e distribuição de energia. A área de intervenção, com aproximadamente 210.000 ha, situa-se nos municípios de Évora, Montemor-o-Novo, Estremoz, Arraiolos e, marginalmente, Vendas Novas.